Tipografia

18 de março de 2018

Família tipográfica Ufes Sans



.

O projeto de desenvolvimento da família tipográfica Ufes Sans partiu da iniciativa de criar uma fonte livre (open source) de máxima legibilidade para aplicação nos sistemas de sinalização da Universidade Federal do Espírito Santo. A equipe do projeto de extensão, coordenado pelo professor Ricardo Esteves, do Departamento de Desenho Industrial, foi composta inicialmente pelos alunos Ana Quinelato, Brenno Mello, Cassio Ferreira e Filipe Motta.

O projeto foi iniciado dentro da disciplina de Design de Tipos Digitais, onde, após estudos acerca da leitura a grandes distâncias e análise de projetos de natureza semelhante, criou-se a primeira fonte tipográfica do sistema: A Ufes Sans Regular, com cerca de 290 caracteres, entre maiúsculas, minúsculas, numerais, letras acentuadas, sinais monetários e de pontuação, dentre outros. Em seguida, partindo da necessidade do uso de diferentes pesos e estilos tipográficos para o design da informação aplicado em diversos layouts, a família Ufes Sans foi ampliada dentro do Laboratório de Projetos em Design da Ufes – ProDesign Ufes pelo bolsista Filipe Motta, sob supervisão do mesmo professor.

Assumindo como partido o peso romano Regular, a expansão da família contou com a criação do peso ExtraBold, seguido da interpolação dos pesos Medium, SemiBold e Bold. Mais tarde, a primeira versão itálica foi desenvolvida, com a finalidade inicial de aplicação em informações bilíngues em dispositivos de informação. Em um terceiro momento, em diálogos com a Secretaria de Cultura e Comunicação da Ufes, observou-se que o sistema tipográfico que estava sendo criado poderia ser útil como parte da composição da identidade visual da instituição e em diversas aplicações impressas e digitais. Com isso, decidiu-se extender novamente a família tipográfica e, com a participação da bolsista Thaís Bronze, criou-se as fontes Ufes Sans Thin, Thin Italic, Light, Light Italic, Book e Book Italic.

Assim, um projeto que começou com uma única fonte para sinalização, ao longo dos anos seguintes de desenvolvimento se tornou um sistema tipográfico de 12 fontes para o uso da Universidade. Ao fim, entregamos para a comunidade um produto de software (os arquivos instaláveis das fontes em questão) que se torna patrimônio público imaterial da Ufes. Desse modo, nossa intenção é que as fontes possam ser utilizadas tanto nos projetos de sinalização dos campi, como pensados originalmente, quanto nas peças institucionais da Ufes, bem como em quaisquer outros projetos de natureza semelhante, livremente, por qualquer pessoa.

.

Baixe aqui as fontes

 



Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *